// you’re reading...

BULAS

Bula - Deca Durabolin (Decanoato de Nandrolona)

Bula do remédio Deca Durabolin com posologia, indicações, efeitos colaterais, interações e outras informações. Todas as informações contidas na bula de Deca Durabolin têm a intenção de informar e educar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um profissional médico ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Decisões relacionadas a tratamento de pacientes com Deca Durabolin devem ser tomadas por profissionais autorizados, considerando as características de cada paciente.

Laboratório
Organon

Apresentação de Deca Durabolin
cx. c/ 1 amp. de 1 ml c/ 25 ou 50 mg/ml. cx. c/ 1 amp. de 1 ml c/ 50 mg/ml.

Deca Durabolin - Informações
DECA-DURABOLIN é um preparado anabólico injetável. Após a injeção, o decanoato de nandrolona é gradualmente liberado do depósito intramuscular e subseqüentemente hidrolisado em nandrolona. A duração de ação é de cerca de 3 semanas. O perfil anabólico de DECA-DURABOLIN, segundo estudos metabólicos realizados em seres humanos, demonstra os efeitos anticatabólico e poupador de proteína, como também os efeitos favoráveis no metabolismo do cálcio (em casos de excreção) aumento da massa óssea e na osteoporose. Na posologia recomendada, é pouco provável que DECA-DURABOLIN cause efeitos androgênicos (como por ex.: virilização). A dissociação de efeitos androgênicos e anabólicos parece estar associada c/ a presença ou ausência da enzima 5 mcg-dihidro-nandrolona, e essa se liga mais fracamente ao receptor androgênico do que à nandrolona. O reverso aplica-se à testosterona e a 5-µ-dihidro-testosterona. Isso explica o efeito relativamente forte da nandrolona no tecidos destituídos de atividades 5-µ-redutase (por exemplo, tecido muscular), comparado ao efeito relativamente fraco nos tecidos c/ atividade alta de 5-µ-redutase (por exemplo, próstata). A nandrolona é metabolizada no fígado. Foram identificadas na urina os seguintes metabólitos: 19-norandrosterona, 19-norepiandrosterona e 19-nortiocolanolona, porém, não foram demonstrados seus efeitos farmacológicos. DECA-DURABOLIN pode ser usado como um coadjuvante para terapias específicas e medidas dietéticas, em condições patológicas várias, caracterizadas por um balanço nitrogenado negativo. Resultados favoráveis têm sido obtidos c/ DECA-DURABOLIN como um adjuvante para nutrição parenteral. Em pacientes osteoporóticos, DECA-DURABOLIN tem demonstrado um aumento do teor mineral-ósseo, detenção da perda óssea e uma redução do índice de fraturas. DECA- DURABOLIN também produz um notável alívio dos sintomas clínicos da osteoporose, em particular da dor dorsolombar.

Deca Durabolin - Indicações
Como um adjuvante para terapias específicas e medidas dietéticas em condições patológicas caracterizadas por um balanço negativo de nitrogênio, (por ex.: durante doenças debilitantes crônicas, durante terapias prolongadas c/ glicocorticóides, após grande cirurgia ou trauma).

Contra-indicações de Deca Durabolin
Gravidez. Suspeita ou casos confirmados de carcinoma prostático ou mamário no homem.

Reações adversas / Efeitos colaterais de Deca Durabolin
Altas doses, tratam. prolongado e(ou) administração muito freqüente podem provocar: virilização, que aparece em mulheres sensíveis, como rouquidão, acne, hirsutismo e aumento da libido; em meninos pré-púberes, como um aumento da freqüência de ereções e aumento fálico; em meninas, como um aumento dos pêlos pubianos e hipertrofia clitoriana. Rouquidão pode ser o primeiro sintoma da alteração vocal que pode resultar num duradouro, e algumas vezes irreversível, engrossamento da voz. Amenorréia e inibição da espermatogênese. Fechamento epifisário prematuro. Retenção de água e sal.

Deca Durabolin - Posologia
Adultos: 25-50 mg cada 3 semanas. Crianças: Mais de 30 kg: 15 mg cada 3 semanas; 20-30 kg: 7,5-10 mg cada 3 semanas; 10-20 kg: 5,0-7,5 mg cada 3 semanas; menos de 10 kg: 5,0 mg cada 3 semanas. Osteoporose: 50 mg cada 2-3 semanas. Para tratam. paliativo de casos selecionados de carcinoma mamário disseminado em mulheres: 50 mg cada 2-3 semanas. Obs: Para um efeito terapêutico favorável é necessário administrar doses adequadas de vitaminas, minerais e proteínas, em uma rica dieta calórica.

Fonte: medicinanet.com.br

Discussion

Comments are disallowed for this post.

Comments are closed.